Michel Temer
Ipsum - Parágrafos de uma carta inesperada


Quantos Parágrafos você precisa?



“Verba volant, scripta manent” (As palavras voam, os escritos permanecem)

Desejo a todas inimigas vida longa, poriço escrevo. Muito de proposito do intenço noticiario destes ultimos dias e tetudo que me chega aos ouvidos das com versas no Palhaço. Eça é uma carta peçoal. É um bafo que já deveria ter feito a muito tempo. Desde logo le digo que não é preciço alardear publicamente a nesseeçidade da minha leau idade.

Tenho revelado ao longo destes cinco anos. Leau idade institussional pautada pelo art. 171 da Constituissão Federal. Seis quaus são as funssões do Vice. A minha natural descrissão conectei aquela derivada daquele despositivo constitussional. Entre tanto, sempre tive saliência da absolut(sky, red,bull) das confianssa da cemhora,cemhora,cemhora,cemhora e do seu entorno em relassão a eu e ao PMDB. Des confiança imcompatível com o que fizemos para manter o apoio peçoal e partidário ao seu governo. Basta resaltar que na ultima convenssão apenas 59,9% votaram pela aliança. E só o fiseram, ouso registrar, por que era eu o candidato a releissão a Vice.

Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo usando o prestígio(gosto desse chocolate) politico que tenho advindo da credibilidade e da crefisa, e do respeito que granja julieta no partido. Isso tudo não gerou confianssa em eu. Gera des confiança e menos preso do governo. Vamos aos fatos. Exemplo e fico algums deles.

1. Passei os cuatro primeiros anos de governo como vice decorativo. A cemhora, cemhora, cemhora, sabe diço. Perdi toda patagônia politica que tive no pasado e que poderia te sido usado pelo governo. Só era chamado para resolver as votassões do PMDB e as crises politicas.

2. Já mais eu ou o PMDB fomos chamados para discutir formulassões economicas ou politicas do pais; nóiz era meros aceçorios, secundarios, presidiarios.

3. A cemhora, cemhora, cemhora, no segundo mandado, a ultima hora, não renovo o Mistério da Aviassão Sivil onde o Moreira Franco fez belhíssimo trabalho elogiado durante a Copa do Mundo. Sabia que ele era uma indicassão minha. Quiz, por tanto, mim desvalorizarme. Cheguei a registrar este fato no dia seguinte no whatsapp.

4. No episódio anteior José Padilha, mas ressente, ele deixou o Mistério em rasão de muitas "des feitas", cominando com o que o governo fez a ele, Ministro da magia, retirando sem nem um aviso prévio, nome do perfil fake do face, técnico que ele, Ministro da magia, indicou para a ANAC. Alardeou-se-ão-a) que foi retalhiação a eu; b) que ele saiu porque faz parte de uma suposta "conspirassão" dus iluminate.

5. Quando a cemhora,cemhora,cemhora fez um apelo para que eu assumiçe a coordenassão política, no momento em que o governo estava muito des prestigiado, atendi e fizemos, eu e o José Padilha, aprovar o ajuste nescau, desculpa fizcau. Tema dificíl por que dizia respeito aos trabalhadores e aos emprezários. Não tibuteamos. Estava em jogo o pais e filhos. Quando se aprovou o ajuste, nada mas do que fasíamos tinha sequência no governo. Os acordos açumidos no Parla aumento não foram comprimidos. Realizamos mas de 60 reuniões de lideres e bancadas ao longo do tempo solicitando apoio com a nossa credibilidade. Fomos obrigados a deixar aquela coordenassão.

6. De qualquer forma, sou Presidenti do PMDB e a cenhora resolveu mim ignora chamando o lider Picciani e seu pai ou do meu pai?! Juliana, para fazê um acordo cem nenhuma comunicassão ao seu Vici e Presidenti do Partido. Us dois ministro, sabe a senhora, foram nomeados por ele. E a cemhora, cemhora, cemhora, não teve a meno preocupassão em elimina do governu o Deputado Edinho Araújo, deputadu de Ção Paulo e meu truta.

7. Democrata que eu sou, conversu, sim, cemhora, cemhora, cemhora, Presidenti, com a oposisção. Sempre fiz, por 24 anos que paçei no Parlamento. Aliaz, a primeira medida provisória do ajusti foi aprovada graças aos 8 (oito) votos do DEM, 6 (seis) do PSB, 3 do PV, 3 dólares e 28 centavos, 2 xícaras de leite morno, 1 pedaço de pizza e 1 torrão de açúcar, recordando que foi aprovado por apenas 22 votos. Sou criticado na quebrada do parlamento por isso, numa visão equivocada do nosso sistema com bug. E não foi sem razão que em duas oportunidades ressaltei que deveríamos reunificar o pais e filhos. O Palhaço resolveu desbaratina e critica.

8. Recordo, ainda, que a cemhora, cemhora, cemhora, na poçe, mantevi reunião de duas horas com o Vice Presidenti Joe Biden e as baratas - com quem construi boa parceiragem - cem me convida o que gerou recalque em seus assessores a pergunta: o que é que houve que numa reunião com o Vice Presidenti dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presenti, seria puro recalque? Não acha que ele tem passar longe? Antes, no episódio de GOT, House of Cards e até mesmo Star Wars, o da "espionagim" americana, quando o trelele comesso avoroça, a cemhora, cemhora, cemhora mandava o Ministro da Liga da Justiça e da magia, para comverçar com o Vice Presidenti dos Estados Unidos. Tudo isso tem significancia absolut e falta de confianssa;

9. Mais recentementi, trocamo uma ideia, converça nossa (das duas maioris alto ridadis do pais) foi divulgada e de maneira inveridicas sem nenhuma conectivieriedade com o bate-papo da uol.

10. Até o programa "De volta para o Futuro" agendado para o ano de 2015, aplaudido pela sociedadi, cujas propostas poderia c usadas para recuperar a economia e resgata a telesena e confianssa foi tido como manobra de Mcfly.

11. PMDB tem salicencia de que o governu busca promove a sua divizão, o que já tentou no passado, sem suceço. A cemhora, cemhora, cemhora sabe que, como Presidenti do PMDB, devo fica na miuda, silencio total com o obejetivo de procura o que sempre fiz: as esferas do dragão. Passados estes momentos criticus, tenho certesa de que o País terá tranquilidade para cresce e consolida as conquistas sociais. Finalmente, sei que a senhora, senhora, senhora não tem confiança ne mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Me dá uma chance? Só Lamento, a fila anda! Rala sua mandada! O meu sensor de piriquete explodiu, pega sua inveja e sai do brazil! Respeitosamente, falsiane

\ L TEMER A Sua Excelência a cemhora,cemhora,cemhora Doutora DILMA ROUSSEFF DO. Presidente da República do Brasil Palácio do Planalto

Ita scribo vobis. In intense cente recens nuntius aures et omne quod oritur in Palatio. This is a litteris. Quod pridem factum esset effusus. Statim dicam necessarius non eget obsequio publice nuntiarent.

Haec mihi innatas quinquennium. Institutional fidem perduxit inquietudinem arte moliebantur. LXXIX foederati Constitutionis praeceptis ditescit. Scio quae Vice functionum. Meo iudicio naturali receptacula coniuncta, uti ex illo constitutionalis praescripto. Tamen semper habuit scientiam absolute diffidentia vestro circumstant erga me et PMDB. Narrabo dominae expellit patiebatur servare personalis commendatione conciliaretur ad partem obtineat. Nam ad designandum quod in ultimo conventu nisi 59.9% decernentibus usurum. Sicut enim audeo censu cursus reelection quid mihi favet.

Custodivi PMDB unit supportantes eorum sint imperio denuntiare usura auctoritate politica quae ex credibilitatis et respectu lucrique facere in partis transgressus est. Haec fides non generavit me. Generat diffidentia dominationemque contemnunt. Sit facts. Exemplify faciam aliquos ex illis.

1. Prima fui officii vices quadriennio exornantur. Domina cognoscit. Politica officium perdidi potuisset ab olim habuit imperium. Sed solum votis PMDB dissolvamus, politicisque discriminibus.

2. Numquam ego vel PMDB vocati discutere re oeconomica et politica formulationum patriam; accessiones essemus secundae ordinantur.

3. I, secundo terminum ad ultimum minutis, non renovare Ministry of Civil Aviation ubi Moreira Franco mirabilia faciebat opus laudaverunt during the World Cup. Novi indicium meum. Ita voluit devalue me. Ego hoc profiterentur postero die bibit.

4. Eliseu Padilha res postea reliquit quia plurium ministerium "fractum", quod culmine imperii fecisti in eum ministri ad eam non advertenti technica profile nomen illud planum Minister , indicentur FAA. Exposuit) qui vicem meam b) de asserto reliquit quia «Iumenta".

5. Cum ad consilium vocavit me coordinatio, quando in illa re publica multum infamiae, et frequentes et Padilha probare fiscali temperatio. Theme operantur circa difficile et lacus. Non titubeamos. Terra mouit. Quo probato occasum imperii nihil amplius quam quid ageretur sequerer. Pactiones comitiis non occurrit. Nos deduxit super LX conventus principum et pro tempore petentes super firmamentum nostra fidem. Quod nos relinquere cogebantur coordinatio.

6. Nihilominus ego PMDB Praeses electus et domina dux nostri oblita taceret Picciani vocare patrem suum et absque communicatione trade Vicepraesidi et Party. Duo ministris scire domina eum nominavit. Regimine et cura non excludat Mr Edinho Araújo, Pauli sodalem me.

7. Democrat sum, loqui, immo Madam Praeses, cum adversariis. Semper ego per annos XXIV comitiis impendi. Obiter primum transivit mensura temporaria actione disparet octo (VIII) suffragia DEM sex (VI) de PV III PSB et, nisi memor XXII suffragiis probata. Ego fallor reprehensione in patenti ratio. Nec sine causa, ut bis illustraverat reunify patriam. Palatium placuit diffamare et reprehendere.

8. Ego quoque memini te in possessionem occurrere hora duo Vice Praeses Joe Biden - aedificatis amicitiam bonam - sine qua ad contubernalibus sane quaestio: Quam congressum Vice Praeses Civitatum Foederatarum Brasilia non sit? Antea in Eventum "casus" American cum sermone repeti coeptae dominae misit Ministro Iustitiae loqui ad Vice Praeses Civitatum Foederatarum Americae. Haec diffidentia absolute intelligitur;

9. Nuper conversati (duae auctoritates patria maxima) falsum dimissus sine ulla copulatione materiam sermonis.

10. Ad "ponte Future" programma plausum societate vivificet oeconomia quorum propositiones utendo iniquum videretur fiduciam auxit et muros hos instauraretis.

11. PMDB promovere studeat scire imperium eius divisio, quae antea conatus frustra. Scio quod Praeses PMDB relinquat cauta manu silentio postulato volebat Semper appetendi: partis unius. Post discrimine scio agro securus consolidant socialis res crescere. Denique et nunc quia scio quod me non in carne fiduciam habebis PMDB hodie et cras. Doleo tamen persuasum est. reverenter,

\ L TEMER Et vir excellentissimus Dr. Rousseff OD. Praesidis Reipublicae Dominicanae Brazil Planalto Palatium

Así que escribes. En el nick de intensa noticias de los últimos días y todo lo que viene a mis oídos las conversaciones en el Palacio. Esta es una carta personal. Es una explosión que debería haber hecho hace mucho tiempo. Inmediatamente yo digo que no es necesario anunciar públicamente la necesidad de mi lealtad.

Lo tengo revelado en los últimos cinco años. Lealtad institucional guiada por el art. 79 de la Constitución Federal. Yo sé lo que las funciones de Vicepresidentes. Para mi discreción naturales conectados que deriva de esa disposición constitucional. Sin embargo, siempre tuvo la ciencia de desconfianza absoluta de usted y de sus alrededores hacia mí y el PMDB. La desconfianza incompatible con lo que hemos hecho para mantener el apoyo personal y parte en su gobierno. Sólo para señalar que en la última convención única 59,9% votó a favor de la alianza. Y así lo hice, me atrevo a grabar, ¿por qué me postulo para la reelección al cargo.

he guardado la unidad PMDB apoyo a su gobierno con el prestigio político que se han derivado de la credibilidad y el respeto han ganado en el partido. Todo esto no generó confianza en mí. Genera desconfianza y desprecio del gobierno. Que los hechos. Ejemplifican algunas de ellas.

1. Pasé los primeros cuatro años en el cargo como vice decorativo. La dama lo sabe. Perdí todo papel político que tuvo en el pasado que podría haber sido utilizado por el gobierno. Sólo fue llamado para resolver los votos del PMDB y crisis políticas.

2. Yo nunca o PMDB fueron llamados a discutir formulaciones económicas o políticas del país; eran meros accesorios, secundaria, subsidiaria.

3. La señora, en el segundo término en el último minuto, no renovó el Ministerio de Aviación Civil, donde Moreira Franco hizo un trabajo maravilloso elogió durante la Copa Mundial. Sabía que era una mina de indicación. Querido por lo tanto me devaluar. Vine a registrar este hecho al día siguiente, en el teléfono.

4. En el episodio Eliseu Padilha, más tarde, dejó el ministerio porque de muchos "roto", que culmina en lo que el gobierno hizo a él, el ministro, sin hacer caso, nombre con el perfil técnico que, Ministro de la zona indicada para la ANAC. Jactado a) que era una represalia por mí; b) se fue porque es parte de una supuesta "conspiración".

5. Cuando usted llama para mí tomar la coordinación de políticas, en momentos en que el gobierno estaba muy desacreditado, asistí y me hice y Padilha, para aprobar el ajuste fiscal. Tema difícil para los trabajadores afectados y empresarios. No titubeamos. El país estaba en juego. Cuando se aprobó la creación, no es más que lo que estábamos haciendo estaba siguiendo en el gobierno. No se han cumplido los acuerdos alcanzados en el Parlamento. Hemos llevado a cabo más de 60 líderes de reuniones y se sitúa en el tiempo solicitando apoyo con nuestra credibilidad. Nos vimos obligados a dejar esa coordinación.

6. De todos modos, yo soy el presidente del PMDB y la señora elegí ignorarme llamar el líder Picciani y su padre para llegar a un acuerdo sin ninguna comunicación al Vicepresidente y al Partido. Los dos ministros, sabe la señora, fueron nombrados por él. Y usted no tenía una sola preocupación en el gobierno a eliminar el Sr. Edinho Araújo, miembro del St. Paul y yo en.

7. Demócrata soy, hablar, sí, señora Presidenta, con la oposición. Siempre lo hice, por los 24 años que pasé en el Parlamento. Por cierto, la primera medida de ajuste provisional aprobada gracias a ocho (8) votos de la DEM, seis (6) de la PSB y 3 PV, recordando que fue aprobado por sólo 22 votos. Me critican por ello en una visión equivocada de nuestro sistema. Y no sin razón en dos ocasiones hizo hincapié en que debemos reunificar el país. El Palacio decidió difundir y criticar.

8. Recuerde también que, en posesión, que se celebró la reunión de dos horas con el vicepresidente Joe Biden - que construyen buena amistad - sin preguntarme lo que llevó a sus ayudantes la pregunta: ¿qué fue que en una reunión con el vicepresidente de los Estados Unidos, Brasil no está presente? Antes, en el episodio de "espionaje" de América, cuando la conversación empezó a reanudarse, la dama envió al Ministro de Justicia, para hablar con el vicepresidente de los Estados Unidos. Todo esto ha significado absoluta falta de confianza;

9. Más recientemente, nuestra conversación (las dos más grandes en las autoridades del país) fue liberado y forma falsa sin ninguna conexión con el contenido de la conversación.

10. Para el "Un Puente al Futuro" del programa, aplaudido por la sociedad, cuyas propuestas se podría utilizar para reactivar la economía y restaurar la confianza se consideró maniobra desleal.

11. PMDB es consciente de que el gobierno busca promover su división, que ha intentado en el pasado sin éxito. Sé que como presidente del PMDB, deben mantener cauto silencio a fin de buscar lo que siempre hice: la unidad del partido. Después de estos momentos críticos, estoy seguro que el país va a tener tranquilidad para crecer y consolidar los logros sociales. Por último, sé que usted no tiene ninguna confianza en mí y el PMDB hoy y tendrá mañana. Lo siento, pero este es mi convicción. Respetuosamente,
Filmografía \ L MIEDO Su Excelencia Dr. Rousseff OD. Presidente de la República de Brasil Palacio de Planalto

Cacilds por isso lhe escrevus. Muitus a propósitis do intensus noticiárius destus últimus dias e de tudo que me chegium aos ouvidus das conversias no Palácius. Esta é uma carta pessoalium. É um desabafium que já deveria ter feitus há muitus tempus. Desde logo lhe digo que não é preciso alardear publicamente a necessidade da minha lealdade.

Tenho-a revelado ao longo destes cinco anos. Lealdade institucional pautada pelo art. 79 da Constituição Federal. Sei quais são as funções do Vice. À minha natural discrição conectei aquela derivada daquele dispositivo constitucional. Entretanto, sempre tive ciência da absoluta desconfiança da senhora e do seu entorno em relação a mim e ao PMDB. Desconfiança incompatível com o que fizemos para manter o apoio pessoal e partidário ao seu governo. Basta ressaltar que na última convenção apenas 59,9% votaram pela aliança. E só o fizeram, ouso registrar, por que era eu o candidato à reeleição à Vice.

Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo usando o prestígio político que tenho advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim. Gera desconfiança e menosprezo do governo. Vamos aos fatos. Exemplifico alguns deles.

1. Passei os quatro primeiros anos de governo como vice decorativo. A Senhora sabe disso. Perdi todo protagonismo político que tivera no passado e que poderia ter sido usado pelo governo. Só era chamado para resolver as votações do PMDB e as crises políticas.

2. Jamais eu ou o PMDB fomos chamados para discutir formulações econômicas ou políticas do país; éramos meros acessórios, secundários, subsidiários.

3. A senhora, no segundo mandato, à última hora, não renovou o Ministério da Aviação Civil onde o Moreira Franco fez belíssimo trabalho elogiado durante a Copa do Mundo. Sabia que ele era uma indicação minha. Quis, portanto, desvalorizar-me. Cheguei a registrar este fato no dia seguinte, ao telefone.

4. No episódio Eliseu Padilha, mais recente, ele deixou o Ministério em razão de muitas "desfeitas", culminando com o que o governo fez a ele, Ministro, retirando sem nenhum aviso prévio, nome com perfil técnico que ele, Ministro da área, indicara para a ANAC. Alardeou-se a) que fora retaliação a mim; b) que ele saiu porque faz parte de uma suposta "conspiração".

5. Quando a senhora fez um apelo para que eu assumisse a coordenação política, no momento em que o governo estava muito desprestigiado, atendi e fizemos, eu e o Padilha, aprovar o ajuste fiscal. Tema difícil porque dizia respeito aos trabalhadores e aos empresários. Não titubeamos. Estava em jogo o país. Quando se aprovou o ajuste, nada mais do que fazíamos tinha sequência no governo. Os acordos assumidos no Parlamento não foram cumpridos. Realizamos mais de 60 reuniões de lideres e bancadas ao longo do tempo solicitando apoio com a nossa credibilidade. Fomos obrigados a deixar aquela coordenação.

6. De qualquer forma, sou Presidente do PMDB e a senhora resolveu ignorar-me chamando o líder Picciani e seu pai para fazer um acordo sem nenhuma comunicação ao seu Vice e Presidente do Partido. Os dois ministros, sabe a senhora, foram nomeados por ele. E a senhora não teve a menor preocupação em eliminar do governo o Deputado Edinho Araújo, deputado de São Paulo e a mim ligado.

7. Democrata que sou, converso, sim, senhora Presidente, com a oposição. Sempre o fiz, pelos 24 anos que passei no Parlamento. Aliás, a primeira medida provisória do ajuste foi aprovada graças aos 8 (oito) votos do DEM, 6 (seis) do PSB e 3 do PV, recordando que foi aprovado por apenas 22 votos. Sou criticado por isso, numa visão equivocada do nosso sistema. E não foi sem razão que em duas oportunidades ressaltei que deveríamos reunificar o país. O Palácio resolveu difundir e criticar.

8. Recordo, ainda, que a senhora, na posse, manteve reunião de duas horas com o Vice Presidente Joe Biden - com quem construí boa amizade - sem convidar-me o que gerou em seus assessores a pergunta: o que é que houve que numa reunião com o Vice Presidente dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presente? Antes, no episódio da "espionagem" americana, quando as conversar começaram a ser retomadas, a senhora mandava o Ministro da Justiça, para conversar com o Vice Presidente dos Estados Unidos. Tudo isso tem significado absoluta falta de confiança;

9. Mais recentemente, conversa nossa (das duas maiores autoridades do país) foi divulgada e de maneira inverídica sem nenhuma conexão com o teor da conversa.

10. Até o programa "Uma Ponte para o Futuro", aplaudido pela sociedade, cujas propostas poderiam ser utilizadas para recuperar a economia e resgatar a confiança foi tido como manobra desleal.

11. PMDB tem ciência de que o governo busca promover a sua divisão, o que já tentou no passado, sem sucesso. A senhora sabe que, como Presidente do PMDB, devo manter cauteloso silencio com o objetivo de procurar o que sempre fiz: a unidade partidária. Passados estes momentos críticos, tenho certeza de que o País terá tranquilidade para crescer e consolidar as conquistas sociais. Finalmente, sei que a senhora não tem confiança em mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento, mas esta é a minha convicção. Respeitosamente,

\ L TEMER A Sua Excelência a Senhora Doutora DILMA ROUSSEFF DO. Presidente da República do Brasil Palácio do Planalto